Atriz Noticias

Diretor Marco Dutra elogia trabalho de Sandy em Filme

Depois de quase um mês chegaram ao fim as filmagens de “Quando eu era vivo”, novo filme de Sandy. Glamurama conversou com o diretor do longa, Marco Dutra, e ele foi só elogios à atriz, que volta a fazer cinema depois de dez anos. “Ela é disponível, dialoga, investiga a fundo o personagem. É ótima”, comentou Marco, que não a conhecia até fazer o convite. “Foi uma escolha que deu muito certo. Sei que ela se dedica mais à carreira musical, mas também gosta muito de atuar e entendeu perfeitamente o papel. Foi incrível”, contou.

Em “Quando eu era vivo” – o longa é baseado no romance “A Arte de Produzir Efeito Sem Causa”, de Lourenço Mutarelli -, Sandy atua com Antonio Fagundes e Marat Descartes. Quem espera vê-la com um sorrisão no rosto o tempo todo está enganado. “O filme está mais para um suspense”, diz o diretor, que espera um sucesso de bilheteria. “Não gosto de rotular os filmes como blockbuster ou independente. Minha intenção é chegar ao maior número de pessoas”.