Noticias

“Foi difícil voltar”, diz Sandy sobre a Carreira

Sandy e Xuxa.jpgSandy revelou ter sido difícil retomar a carreira musical após o nascimento do primeiro filho, Theo. A cantora, que lançou em junho “Meu Canto”, seu primeiro álbum em três anos, disse à apresentadora Xuxa Meneghel, da Record, que havia perdido vontade de cantar por causa da vida pessoal e das preocupações de mãe.

“Foi muito difícil voltar. Eu tive que tirar força eu nem sei da onde, acho que do futuro. Fiquei pensando: ‘É melhor eu voltar, porque depois, quando o Theo crescer um pouco, vou ficar com vontade de trabalhar e não vai ter espaço para mim’. Foi uma decisão racional mesmo, pensando no que seria melhor para a minha carreira, para o meu futuro como pessoa. Tive que pensar com a cabeça, com toda minha racionalidade para decidir que eu queria voltar, porque vontade, de dentro assim, não tinha”, afirmou Sandy no programa “Xuxa Meneghel”.

“Fiquei pensando: ‘Como é que eu vou compor uma música agora? Porque minha cabeça está preocupada se o Theo fez cocô, se comeu, se tirou a sonequinha da tarde, se ele dormiu bem à noite, se tem o tempo dele para brincar e ser criança, a casa, o marido’. Minha vida pessoal toma conta do meu tempo e da minha cabeça. Vi que é só começar. Consegui compor cinco músicas inéditas em pouquíssimo tempo para fazer esse DVD que estou lançando agora”, completou a cantora.

Filho de Sandy com o músico Lucas Lima, Theo nasceu em junho de 2014. Desde então, Sandy participou de novelas e foi jurada do reality musical “SuperStar”, porém não havia lançado um álbum desde o anúncio de sua primeira gravidez. De volta à carreira musical, a cantora admitiu ter sentido falta de trabalhar.

“Quando a gente volta a trabalhar, você fala: ‘Caramba, eu amo isso, tinha um buraquinho aqui que eu nem estava sabendo que ele era grande’, É só saber administrar. Percebi que consigo. É puxado, é difícil e tenho que colocar um limite, porque não aguento ficar longe do Theo mais do que dois dias. Faço minha agenda de acordo com minha vida pessoal. É questão de prioridade também, passo muito mais tempo com o Theo do que trabalhando, e esta é a condição para eu continuar tendo uma carreira”, disse.