Curiosidades Noticias

Sandy fala sobre ter sido a única brasileira autorizada a regravar sucesso de Celine Dion

O primeiro CD ao vivo da dupla Sandy & Junior atingiu a maioridade. Isso mesmo! Nesse mês de junho, os irmãos podem comemorar os 18 anos de um dos álbuns mais queridos da dupla: o Era Uma Vez – Ao Vivo. “Primeiramente”, parabéns! “Segundamente”, você não está sozinho com esse sentimento em relação à idade. Pois é… o tempo passa pra quase todo mundo (menos pra Sandy, né, mores?!).

“Foi a época em que a nossa carreira deslanchou mais, que a gente começou a fazer mais sucesso. E depois vieram os discos mais vendidos, bem nessa época, entre 1998 e 2002. Foi uma época bem importante pra mim e para o meu irmão”, lembra a cantora.
Sandy completa lançamento de ‘Meu Canto’: ‘Vou planejando as coisas conforme vão acontecendo’
Um dos grandes hits dessa época – que vai e não volta jamais – é “Em Cada Sonho”, versão em português de “My Heart Will Go On”, sucesso na voz da canadense Celine Dion. A dupla foi – pausa pra flecha que acerta uma vez só – a Ú-NI-CA autorizada a gravar a canção fora da língua original.

Desculpa aê, mas é a Sandy, não é qualquer uma, não! “Na época, eu soube que nós tínhamos sido os únicos a ter essa autorização e fiquei bem feliz, mas eu não sei por quê”, ela conta sobre uma das últimas versões de músicas internacionais que gravou com o irmão Junior Lima.

“Nessa época, quando a gente fazia as versões, eu não tinha muito essa consciência. Eu gravava pra me divertir, gravava as músicas que eu gostava de cantar. Hoje em dia, depois de adulta, depois de ter bastante experiência, vejo que é uma cilada, uma coisa muito perigosa. É um risco muito grande porque você tem que, no mínimo, fazer uma coisa tão boa quanto a original. No SuperStar, a gente vê cada releitura incrível! É uma grande responsabilidade. Então, tem que fazer pra arrasar mesmo”, ela opina. E de arrasar, Sandy entende!

Créditos: GShow