APRESENTAÇÃO:
Estrela-Guia é uma telenovela brasileira exibida pela Rede Globo no horário das 18 horas, entre 12 de março e 16 de junho de 2001, em 83 capítulos substituindo O Cravo e a Rosa e sendo substituída por A Padroeira.
Foi escrita por Ana Maria Moretzsohn, com colaboração de Daisy Chaves, Izabel de Oliveira, Fernando Rebello e Patrícia Moretzsohn, tendo direção de Denise Saraceni, Carlos Araújo e Ulysses Cruz, direção geral de Denise Saraceni e Carlos Araújo, com direção de núcleo de Denise Saraceni. Contou com Sandy, Guilherme Fontes, Carolina Ferraz, Lília Cabral, Rosamaria Murtinho, Nelson Xavier, Gabriel Braga Nunes, Isabela Garcia, Thaís Fersoza, Lucinha Lins e Rodrigo Santoro nos papéis centrais da trama.
Contou com Sandy, Guilherme Fontes, Carolina Ferraz, Lília Cabral, Rosamaria Murtinho, Nelson Xavier, Gabriel Braga Nunes, Isabela Garcia, Thaís Fersoza, Lucinha Lins e Rodrigo Santoro nos papéis centrais da trama.
Foi reapresentada no Video Show pelo quadro Novelão entre 23 a 27 de Julho de 2012 em um compacto de 5 capítulos, substituindo Cobras & Lagartos e antecedendo Pedra sobre Pedra.

Pirenópolis, que serviu de locação para a novela, é uma cidade tombada como Patrimônio Histórico e Cultural Brasileiro. Situada aos pés da Serra dos Pireneus, no interior de Goiás, tem aspecto bucólico, sendo cercada por morros e com dezenas de cachoeiras, onde foram gravadas cenas da novela. Nos anos 1970, foi referência nos quesitos revolução dos comportamentos, movimento hippie e primeiras experiências com ciências alternativas. Anápolis, também em Goiás, serviu de locação para a Fazenda da Rainha, cenário de Alaor (Sérgio Mamberti) e Daphne (Lilia Cabral).

O batizado de Cristal (Sandy) foi gravado em Lençóis, na Bahia, e as cenas do primeiro encontro de Bob (Marcos Winter) e Catherine (Maitê Proença) foram realizadas em São Francisco, nos Estados Unidos.
A novela foi idealizada como uma experimentação de tramas curtas, tendo ficado três meses no ar. Para escrever Estrela-Guia, a autora buscou ideias em vários filmes, como Hair (Milos Forman, 1979), Papai Pernilongo (Jean Negulesco, 1955) e Presente de Grego (Charles Shyer, 1987). A fictícia Arco da Aliança foi inspirada na comunidade alternativa Frater Unidade, em Pirenópolis, no interior de Goiás.

A novela foi a segunda experiência de Sandy e Junior como atores na TV Globo. Os dois já haviam protagonizado o seriado Sandy & Junior (1999). Antes disso, em 1997, os irmãos fizeram o filme O Noviço Rebelde, com Renato Aragão, onde interpretaram Márcia e Junior, os filhos mais velhos de Felipe (Tony Ramos).
A autora Ana Maria Moretzsohn criou a personagem Cristal especialmente para Sandy. A atriz teve uma dublê na trama, a jovem Luciana Maria Guerra Vieira.
As tradicionais Cavalhadas – manifestação folclórica que desde 1826 é encenada em Pirenópolis, mostrando a histórica batalha entre mouros e cristãos no século VI – foram reproduzidas na cidade goiana especialmente para a trama, em fevereiro de 2001.

Para a realização da Festa do Divino, a cidade foi enfeitada com bandeirinhas brancas e vermelhas e chitão colorido, e povoada de mascarados, pastorinhas e bandas de música, além de ganhar uma arena com 40 camarotes. O Rei dos Mouros foi interpretado por Rodrigo Santoro. O ator teve de aprender as coreografias da batalha, em que os cavaleiros mouros vestem vermelho, e os cristãos se apresentam de azul, com 12 integrantes de cada lado. A encenação contou com mais de 120 cavalos.
As gravações de Estrela-Guia contaram com diferentes tipos de animais. Na comunidade Arco da Aliança, não faltaram araras, tucanos, saguis, bichos-preguiças e canários da terra, em contraste com as cobras, gaviões, onças e urubus-reis da fazenda de Daphne (Lilia Cabral). Mais de 150 borboletas aparecem nas cenas em que Cristal medita, dança e canta mantras.

Workshops sobre astrologia, antropologia, mantras e sociedade alternativa fizeram parte da fase de preparação do elenco de Estrela-Guia. Mônica Torres e Fernanda Rodrigues receberam noções de fabricação de joias e aprenderam a jogar tarô. Ana Carbatti contou com a consultoria da escultora Elisa Pena, que trabalha com cerâmica, para dar veracidade à artista plástica Dominique. Sérgio Marone teve de se familiarizar com instrumentos musicais, como a flauta, o calimba e o harmonium, para viver o misterioso Santiago. Lilia Cabral, Sérgio Mamberti e Nizo Neto aprenderam noções básicas de hipismo com a veterinária Gisela Ferraz, responsável pelos cavalos da novela. Nelson Xavier estudou um pouco de fitoterapia para viver o médio e mestre espiritual Purunam.
Sandy aprendeu os mantras com o musicoterapeuta Tomaz Lima, cantor e compositor conhecido pelo nome artístico de Homem de Bem.
A história marcou a estreia de Sérgio Marone e Graziela Moretto em novelas da TV Globo.
O figurino de Estrela-Guia foi inspirado no visual hippie dos anos 1970, e sua confecção seguiu o mesmo conceito artesanal usado pelos habitantes da fictícia Jagatah: todas as roupas foram feitas à mão, tecidas em teares manuais com fios de algodão ou usando retalhos reciclados. Na história, o algodão é cultivado pela própria comunidade. Costureiras e bordadeiras formaram a equipe de figurino, que também se preocupou em tingir as peças para ganharem um aspecto de roupa usada. Joias e bijuterias criadas pela designer Tereza Xavier complementaram o visual dos moradores da comunidade. Os colares usados por Cristal (Sandy) fizeram sucesso.
Os hábitos e costumes da comunidade Frater Unidade, em Pirenópolis, serviram de base para a equipe de produção de arte na ambientação dos cenários. Os produtores pesquisaram o artesanato e a culinária da comunidade, assim como seu ritmo de trabalho, a divisão de tarefas e a prática da meditação, para reproduzi-los na trama. O astrólogo e professor de meditação Pedro Tornaghi atuou como consultor da equipe, dando orientações sobre a posição correta de objetos e a disposição de flores, tecidos, cores e símbolos.

Estreou com 37 pontos e picos de 42.;3 Sua média geral foi de 32 pontos, considerada um grande sucesso, já que ficou acima da meta estipulada pela Globo.4 .
A novela seria reprisada em Janeiro de 2004, mas foi cancelada devido a não renovação do contrato da dupla Sandy e Junior com a globo, sendo substituída por Corpo Dourado. Chegou a ser nota várias vezes de reprise, mas nunca aconteceu, sendo apenas reprisada na Globo internacional em 2006 ao mesmo tempo que no Brasil era reprisada a novela Chocolate com pimenta.

PRÊMIOS
Prêmio Kids’ Choice
Atriz Favorita: Sandy
Ator Favorito: Rodrigo Santoro

Hot-site: Peterson Flores | Acessos
© Sandy Leah Brasill - 2014